Mary Kay Ash

Mulheraço Inspiração Mary Kay Ash

O LEGADO DE UM NOME QUE SE TRANSFORMOU EM UMA MARCA E UM EXEMPLO PARA MULHERES

Era 1963, quando Mary Kay Ash ainda era apenas um nome e não uma grande marca. Surgiu uma ideia, com cinco mil dólares de economia em mãos (o que não não era muito) e a ajuda de um filho de 20 anos. E a mulher que criou a marca Mary Kay – uma das referências mundiais no universo dos cosméticos –   encontrou o sucesso, e na vida bem sucedida, ajudou depois outras mulheres a serem as próprias chefes.

Dai, uma frase dela se encaixa perfeitamente: “Não crie limites para si mesmo. Você deve ir tão longe quanto sua mente permitir.  O que você mais quer pode ser conquistado”. Em outras palavras e com a mesma força, também afirmou:  “As pessoas às vezes sentem-se insignificantes e duvidam que possam fazer a diferença no mundo. Bem, acredite em mim. Uma pessoa pode.” Tudo isso é muito Mary Kay…

OS TEMPOS DE SUPERAÇÃO

Considerada à frente de seu tempo, também enfrentou a desigualdade de gênero no ambiente de trabalho, dominado pelos homens. A partir da inauguração de sua Beauty by Mary Kay, fez aflorar o próprio espírito empreendedor e incentivou o de outras mulheres no empreendedorismo. Em 1969, criou um ícone, o Cadillac Rosa, um símbolo para o modelo que também criou com as Consultoras de Beleza Independentes, ao  estabelecer o Programa do Carro.

Uma filosofia de orientação foi a Regra de Ouro, determinando que a melhor atitude a colocar em ação seria fazer pelos outros o que gostaria que fizessem com ela. E – com sua inabalável integridade –  Mary Kay costumava dizer aos outros: “Nunca, absolutamente nunca, comprometa seus princípios.”

Líder nata, já estava entre as 25 mulheres mais influentes da américa, ainda nos anos de 1980. Ela também acreditava que “as prioridades da vida deveriam ser ordenadas, primeiro a fé, em segundo a família e em terceiro a carreira”, conforme relata sua biografia.

Em 1993, ganhou um Museu com seu nome, três anos depois criou uma fundação para financiar pesquisa sobre o câncer e organizações de mulheres, e foi considerada a texana do século.

O LEGADO

Mesmo após a morte da empresária em 2001, o nome Mary Kay manteve-se vivo tanto pela marca de uma das empresas de cosméticos mais respeitadas no mundo, presente em quase 40 países, quanto pelos seus princípios.  Quando se avista um carro rosa passando na rua, logo podemos pensar em mais um legado de sua biografia: “Ela imaginou todos usando uma placa que dizia: “Faça-me sentir importante”, e isso fez parte de tudo.”

“Não crie limites para si mesmo. Você deve ir tão longe quanto sua mente permitir.  O que você mais quer pode ser conquistado”.

Acesse Perfil Mulheraço e conheça a história de outras mulheres que são inspiração!

Um hub de negócios que capacita, encoraja e conecta mulheres que desejam empreender e desenvolver suas carreiras. Nossos programas são estrategicamente elaborados para desenvolver habilidades técnicas e comportamentais para que cada mulher possa encontrar a melhor trilha para seu sucesso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *